segunda-feira, 31 de maio de 2010

Ao orar...

Sempre que orares, lembra-se dos teus desafetos. Daqueles que deves todos os dias incluir em teus pensamentos de paz. Daqueles que, sem que saibas o motivo, não se afinizam contigo. Daqueles que te inspiram menor simpatia, no entanto estão sempre cruzando com teus passos. Daqueles que te invejam, por te suporem ser o que não és. Daqueles que indiretamente feriste e não te oferecem chance de reconciliação. Daqueles que torcem inexplicavelmente pelo teu fracasso. Daqueles, enfim, que, induzindo-te a desmenti-los te motivam a ser melhor do que és.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Venha fazer parte desse blog!Todos são bem vindos!