sexta-feira, 15 de outubro de 2010

Luz...

Quando o farol acende a sua luz,ele não avalia a tempestade,não a julga!
Não diz para si:"Devo compreender onde tudo isto está indo..."- antes que brilhe a sua luz.
Tudo o que ele sabe é que ele foi construído para suportar a escuridão,o vento e as ondas poderosas que se estatelarão interminavelmente sobre a sua estrutura.
Ele não se assusta,também.Ele não sabe quando a tempestade terminará,quão poderosa tornar-se-á ou o raciocínio por trás de sua criação.
Todos os faróis sabem que isto é seguro e que,ele deve resplandecer uma luz na escuridão para ajudar aos outros encontrarem a segurança de um porto. Ele nunca questiona como ele se transforma em luz também,mas ele sabe que a luz que ele carrega é aguardada e que aqueles que estão na escuridão estão esperando por ela.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Venha fazer parte desse blog!Todos são bem vindos!