sábado, 23 de abril de 2011

Rogamos...

Compreendamos que ninguém estima a permanência num espinheiro e nem escolhe vinagre para brindar os laços diletos,e saibamos fornecer bondade e paz, entusiasmo e otimismo aos que se aproximem de nós,porquanto não há quem não necessite de alguém para executar os deveres que a vida lhe preceitue.
Rogamos a Deus proteção e bênção,aprendamos igualmente a pedir à Divina Providência nos conceda a precisa coragem para silenciar desapontamentos e lágrimas,de maneira a doar paz e alegria,segurança e consolo aos outros, tanto quanto esperamos esses benefícios dos outros em auxílio a nós.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Venha fazer parte desse blog!Todos são bem vindos!