domingo, 11 de setembro de 2011

Transparência de um silêncio

CHUVA FINA A CAIR
NUMA NOITE LINDA E FRIA
CONTAGIANDO TUDO
COM CALMA E NOSTALGIA
NA MADRUGADA FASCINANTE
ONDE SILÊNCIO E TERNURA SE ENCONTRAM,
JÁ QUE NEM É NOITE E NEM É DIA

NA TRANPARÊNCIA DO VIDRO
DA MINHA JANELA,
VEJO PEQUENAS GOTAS DE ORVALHO
LÁ FORA TUDO ESTÁ SERENO,
NUM CLIMA MUITO AMENO

OUÇO DIFERENTES SONS
NESTA NOITE FRIA
COM SABOR DE MELODIA
DESLIZANDO SUAVEMENTE
COMO DOCE PAIXÃO
NUM CORAÇÃO QUE SE EXTASIA
NUMA PERFEITA ALEGRIA.

By Majú.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Venha fazer parte desse blog!Todos são bem vindos!