domingo, 23 de setembro de 2012

Ande acima - Andre Luiz


Ante o bloco de pedra bruta, não se prenda à ideia do peso. Lembre-se da estátua primorosa que poderá sair dele.
Contemplando as dificuldades da sementeira, não se detenha no receio à enxurrada e aos vermes daninhos.
Recorde o pão que lhe fartará o celeiro.
À frente da tempestade, não se perca em lamentações. Medite nos benefícios que advirão de sua passagem.
À face do trabalho árduo não tema o suor que correrá copiosamente.
Centraliza nas boas obras que surgirão.
Não se fixe no calor da forja.
Espere as utilidades que ela fornecerá à sua vida.
Não imagine tão-somente os perigos da enfermidade.
Calcule a alegria e o poder de curar.
Se você está governado, efetivamente, pelo ideal superior, esqueça o amigo que desertou, a mulher que fugiu, o companheiro ingrato e o irmão incompreensível.
Todos eles estão aprendendo e passando, como acontece a você mesmo...
O que importa é a intensificação da luz, o progresso da verdade e a vitória do bem.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Venha fazer parte desse blog!Todos são bem vindos!